7 razões para você não ter uma religião

7 razões para você não ter uma religião

Tempo de leitura: 5 minutos

As pessoas costumam sempre me perguntar: ei, qual a sua religião?

Para evitar dar explicações ou ter que lidar com aquela cara de espanto da pessoa ao ouvir minha resposta, costumo dizer que sou católico. Tudo isso fruto da minha família ser geralmente dessa religião.

Mas a verdade é que não tenho religião, não possua nenhuma. E antes de prosseguir nesse texto preciso explicar um conceito.

Na verdade esse conceito é a diferença entre religião e doutrina religiosa.

Religião tem o seguinte conceito segundo a Wikipédia:

Religião é um conjunto de sistemas culturais e de crenças, além de visões de mundo, que estabelece os símbolos que relacionam a humanidade com a espiritualidade e seus próprios valores morais.

Ou seja, a religião é um tema abrangente que fala sobre o homem e a espiritualidade.

doutrina religiosa é um conjunto de princípios que servem de base a um sistema, nesse caso um sistema religioso.

Então o que você conhece como cristianismo, islamismo, budismo, espiritismo, católico, evangélico e tantos outros, são na verdade doutrinas religiosas.

Mas por uma questão de costume chamamos tudo isso apenas de religião, por esse motivo o título desse texto é “7 razões para você não ter uma religião”. Mas a verdade é que você não deveria ter uma doutrina religiosa.

Hoje venho te dar diversas razões para você não seguir nenhuma religião.

Se você possui uma doutrina religiosa, é hora de repensar a sua situação.

Preparado para conhecer as 7 razões? Então vamos lá!

1- Elas possuem regras rigorosas

Todas as doutrinas possuem regras pré-estabelecidas.

Regras geralmente muito antigas e muito rigorosas.

Algumas te impedem de comer carne em determinada data.

Outras impedem de usar certas roupas, de beber cachaça, ou até de comer a mulher do próximo. Mas todas, sem exceções, possuem regras que te limitam de fazer várias coisas.

E não sei você, mas gosto de ser livre para tomar minhas próprias decisões.

2- Falham em interpretação

Sinceramente acho que todas as pessoas que administram as doutrinas deveriam fazer um bom curso de interpretação de texto.

No cristianismo temos a Bíblia, e sempre eles interpretam da forma que bem quiserem.

Exemplos não faltam, condenam a virgindade, o sexo sem ser depois do casamento, etc, e tudo baseado em apenas interpretações de textos que foram escritos a milhares de anos, por pessoas que nem imaginavam que um dia eu que vos falo teria um blog super bem visitado.

3- Desrespeitam as outras doutrinas religiosas

A minha religião é a certa, e todas as outras estão erradas”.

É geralmente assim que está enraizado na mente de quem segue uma religião.

Mesmo que não fale dessa forma, no fundo a maioria das doutrinas transmitem isso.

Transmitem que as pessoas que escolheram seguir outros princípios estão totalmente erradas.

Respeito, e a falta dele, é um dos motivos para você não possuir nenhuma religião.

4- Te impedem de descobrir a verdade e fazer suas escolhas

Assim proibiu Deus a Adão e Eva de comerem do fruto da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.

Nessa passagem tão conhecida por muitos revela que o cristianismo, em particular, não gostaria de deixar as pessoas terem o conhecimento de tudo, inclusive do mal.

O que as doutrinas querem é que você conheça apenas do que é importante para elas, importante o suficiente para que você continue com elas e não resolva seguir um caminho diferente.

Portanto, meu trabalho aqui é fazer você pensar de forma diferente, é te entregar a verdade e deixar que você tome suas próprias decisões.

5- Fazem você não pensar

Religiões não querem que você pense.

Elas querem que você execute o que elas mandarem.

Por isso conhecimentos mais avançados são reservados aos grandes sacerdotes das religiões, as pessoas que comandam.

Os peões, ou as pessoas comuns como eu e você, não são permitidas questionar, apenas seguir o que já foi dito por alguém mais inteligente que você.

6- Não deixam você ir atrás dos seus sonhos

O que são sonhos para um dalit que vive no hinduísmo?

O que são sonhos para alguém de classe baixa, que pena para conseguir sobreviver ganhando um salário mínimo, e que ainda é obrigado a fazer contribuições para a igreja, e deixar seu cartão de crédito com o pastor, sem esquecer a senha é claro.

Dependendo do que for o seu sonho, se ele não se encaixar nas “regras”, não será permitido realiza-lo.

Afinal, é muito errado ficar extremamente rico, quando as pessoas estão passando fome por aí.

É melhor mesmo você continuar ganhando o seu mísero salário e se contentar em não alcançar seus sonhos.

7- Tem problemas em gozar no sexo

Essa aqui é a razão principal de não seguir nenhuma religião.

É que todas elas tem problema com o sexo, ao menos todas as quais conheço.

Umas impedem de fazer antes do casamento, outras somente com um parceiro fixo, outras a mulher não pode sentir prazer, e tantos problemas e dificuldades que elas tem.

No final acaba sendo impossível aproveitar de verdade o sexo caso você esteja muito focado e seguindo as regras da sua doutrina religiosa.

Onde fica o prazer? O orgasmo? O tesão? Em colocar o pau pra fora e enfiar com muita força. Além da questão de mulher com mulher, e homem com homem.

O que seguir então?

Uma palavra: liberdade.

Não siga nada, apenas se conecte diretamente com o seu superior, ou superiores, caso você deseje.

Você não precisa de um intermediário para falar com o seu Deus, ou seja lá como você chame esse ser superior.

Você precisa apenas acreditar que existe algo maior que você, e ser livre para fazer suas próprias escolhas.

Uma dica é o deísmo, que não é uma doutrina religiosa, é apenas uma forma livre de pensar.

Portanto pense, você não precisa de ninguém dizendo o que você deve ou não fazer, alguém que mal conhece a sua história e pelo que você tem passado.

23 Comentários


  1. Hoje você é obrigado a aturar esses evangélicos insuportáveis pregando aos gritos em todos lugares da cidade. Nunca gostei de religião, igreja, qualquer coisa do tipo. E quando falo isso, surge aqueles olhares de espanto de alienados e ignorantes como se eu já tivesse condenada por isso. Estudo, Não bebo, não fumo, meu primeiro namorado foi aos 21 anos e sei o que o errado e o certo. Sou uma pessoa de muitos princípios e não precisei de religião pra isso. É como diz a frase: Quem precisa de religião pra ser bom, não é bom, é um cão adestrado. Criei um abuso de pessoas que adoram bancar de Deus na terra e acham que estão salvas pq vivem na igreja. Tiram da bíblia apenas o que lhe convém, usam Deus como escudo de proteção e tudo de errado que eles fazem é culpa do diabo. Fora o fato, que parece que estão ali só por medo do inferno e pra garantir seu lugarzinho no céu, e não pra louvar de coração.
    Acredito em Deus mas não na bíblia. E estou no MEU DIREITO. Sigo minha vida como acho melhor, sem pastor, padre ou qualquer “lider” religioso que não sabe nem da vida dele o que dirá da minha.

    Responder

    1. Falou bem garota, estou com você nessa filosofia. Faço minhas suas palavras, sou um deista, e parece que você também.

      Responder

    2. Eu penso da mesma forma acredito em Deus sim é tento fazer as escolhas certas .quem planta o bem colherá o bem quem planta o mal colherá o mal agradeço toda a noite a Deus mais não creio em.religiao nenhuma religião causa guerra e conflitos besta no mundo

      Responder

    3. Adorei o que você escreveu Jessica Souza, também penso como você; infelizmente as pessoas me olham torto por isso, tenho que fingir que sou de uma religião, pois se não me condenam.Eu acredito em Deus, então posso ser considerada uma ” Deísta ” , mas é complicado, eu conheço muitas pessoas, até mesmo familiares e amigos que são fanáticos religiosos, que deixam o padre o pastor decidir por eles, até mesmo dizer se ele esta certo ou errado. Sabe são tantas coisas que vejo e não entendo e não quero nem entender. Pessoas se curvando diante de uma imagem de concreta, que eles chamam de ”Santo”, pedir milagres a santos,sabe, não entra isso na minha cabeça não.Vou até ter que menir meu nome, para não sofrer represálias. Eu queria ser livre, e fazer tudo o que o meu coração manda. O fato de eu não ter nenhuma religião e o pior ainda, de não ser batizada, a galera que eu conheço me condena, falam assim ” e você morrer amanhã, pra onde vai a sua alma”, sabe é uns papos assim. Quem sabe esse mundo mude, e as pessoas possam aceitar o fato de outro ser humano querer ser o que ele quiser. Abraços Jessica. Sou uma garota de 28 anos e quero ser livre para seguir o que o meu coração mandar. M.F.C São- Paulo.

      Responder

    4. Perfeitamente!! Disse td!! Vejo mto mesmo as pessoas irem à igreja por busca de salvação, pois são interesseiras, n buscando a Deus de coração. Tenho pena delas. Se privam de tantas coisas no mundo para uma “vida eterna” dps de mortos! Onde já se viu um Criador q iria querer q sua propria criação não experimentasse dos desejos e mundo q ele mesmo criou? Um Criador q quisesse q sua criatura apenas o adorasse é um egoísta, um general que busca obter soldados. Pois não acredito nesse Deus. E sim, numa força inexplicável criadora do universo q é regido com suas próprias leis. Autossuficiente, o Criador interfere sutilmente apenas quando se é necessário.

      Responder

    5. Muito obrigado por alimentar meu pensamento nesta direção,
      Quem é bom , não precisa de Deus para provar que é bom,
      Somos seres inteligentes e não,um cão adestrado.

      Responder

    6. Se você acredita em “Deus”, você tem religião! A filosofia sobre vida, morte, plano existencial, sentido da vida, etc… foi denominado pelos filósofos como “religião”. Religião foi criada para entreter o ser humano, pois desde o princípio vivia a se perguntar: Quando eu morrer, o que vai acontecer comigo? Se meu pai e minha mãe me fizeram, Quem fez o primeiro homem e a primeira mulher? Se o ser criador de tudo chamado de Deus na religião cristã criou tudo, logo é totalmente racional indagar quem o criou. Afinal, tudo tem uma origem! Ninguém se cria só! Nenhum homem ou mulher vai gerar um filho só com seus próprios gametas. Bom! Não acredito que alguém ou um suposto ser que vive em outra dimensão, universo paralelo possa ter ser se criado. Imagine só: uma pessoa ou ser que não existe decide se criar de repente e do nada. Pensar nisso pode fazer pessoas enlouquecerem e se matarem. Se você acredita num ser religioso criador de tudo e auto-suficiente chamado “Deus”, esse ser existe religiosamente apenas na mente das pessoas que são da religião “cristã”. Então, independentemente de você frequentar igreja “Católica” da religião cristã ou igreja “Evangélica” da religião crista (Igreja Católica e Evangélica são da mesma religião: Cristã), você é adepta da religião “CRISTÔ. Você apenas não tem uma igreja cristã Católica ou cristã Evangélica definida! Ser uma pessoa sem “Religião” é viver sem se preocupar com o que existe ou vai acontecer após morrer. Quando morreres é que realmente saberás o que existe após a morte. Enquanto vive, viva bem como os animais, pois eles vivem bem suas vidas sem se transtornarem com indagações, questionamentos, dúvidas etc… sobre o que haverá após a morte para eles.

      Responder

    7. Disse tudo o que penso…hj descobri ser Deísta…creio numa força incompreensível muito além do meu quintal. Não estamos sozinhas.

      Responder

  2. A inconsciência ou discernimento ou cegueira cósmica pode produzir algo pitoresco, dramático e autofágico. Quando o homem rompe a fronteira humilde da inteligência do silêncio, em matéria de religião por exemplo e dá uma de sabichão ele se autotransmuta em revólver na mão de macaco malabarista: sai tiro pra todo lado, inclusive contra si próprio…:)

    Responder

  3. Fui batizada na religião católica, mas não quero seguir essa religião. Porque as pessoas que mais vão à missa são as que têm o diabo a viver dentro delas, porque enganam as pessoas, dizem que se pagarem à igreja por uma missa rezam para as pessoas descansarem em paz. Mas depois nós vemos o padre com um BMW de 30,000€ se ele não trabalha a não ser na igreja onde ele arranja tanto dinheiro desse mesmo lugar, do bolso das pessoas que são enganadas.

    Responder

  4. Aqui na minha cidade o padre possui uma camionete de luxo, de aproximadamente 100mil, de onde vem esse dinheiro? Pessoal esqueça as religiões vamos acreditar somente em Deus que é superior, independente de religiões.

    Responder

  5. acho que Deus nos criou para sermos LIVRES…. mais sempre levo esta frase comigo “o que EU planto eu colho”.

    Responder

  6. Eu sempre acreditei que Deus é apenas uma forma que o homem criou para justificar sua doutrinas.

    Responder

    1. Idiotas hoje em dia o mundo esta assim porque as pessoas não querem ter regras, tudo na vida tem quer ter ragras quanta baboseira, se as pessoas vivessem conforme a biblia as todos se respeitavam e o mundo não estaria essa partifaria como dizia o sr Enéas!

      Responder

  7. Rapaz que idiotiotece, pensei que iria achar algo interessante mas você só fala merda, não base nenhuma só palavras vazias, vai estudar amigo

    Responder

  8. Na real essas pessoas que nos julgam por não acreditarmos em uma religião, na verdade só acreditam na Biblia e na religião delas!! Não conseguem ver que Deus é muito mais q tudo isso!!

    Responder

  9. Olá, tudo bem com vocês?

    Eu li alguns relatos e resolvi deixar o meu também. Eu sou criado desde os meus 5 anos na religião, ou doutrina Cristã-Protestante, ou seja, os evangélicos, vulgo crentes. Eu sempre fui ensinado pelos meus Pais sobre a vida eterna, céu e inferno, além de ser obrigado a ir nos cultos quando era adolescente e assim foi até os meus 18 anos, quando por me relacionar sexualmente com a minha ex, eu fui afastado das atividades que eu exercia na igreja.

    Daí, eu acabei me afastando e conhecendo o que eles chamam de mundo e, desde então, eu apenas fui à igreja como um mero visitante, a qual meu pai insistia frequentemente e, as vezes até de forma irritativa, para que eu fosse à igreja, aos cultos, sob o medo do inferno e as consequências ruins na minha vida.

    Mas, com o passar do tempo, eu realmente provei algumas consequências, mas que foram frutos das minhas próprias atitudes. Eu deixei-me aproximar de pessoas e coisas erradas. As situações se agravaram e eu imaginava que a culpa pelos meus problemas e a maldita e consequente depressão, era o fato de eu ter me afastado da igreja.

    Comecei a ir novamente e em uma igreja mais tradicional. Lá eu via que as lutas, problemas e dificuldades eram uma condição para que as pessoas fossem fiéis a Deus e que sem esse sofrimento, não eram Cristãos genuínos. E eu pensava: “Meu Deus, eu não suporto mais as minhas dores, como posso viver assim?”

    E eu percebia que muitas pessoas estavam ali para uma vida próspera, ou simplesmente pelo medo de irem para o inferno e, francamente, isso para mim não é amor por Deus. Amor é incondicional, não se baseia em interesses ou medos.

    E eu tenho um sonho desde os meus 16 anos, hoje tenho 24 anos, que é me tornar um Policial Militar, mas Policial em sua essência, para fazer o bem e defender a sociedade, sem ser como alguns pilantras como a gente vê por aí.

    E uma pastora, a qual já faleceu, dizia que esse sonho não era da vontade de Deus, que eu poderia tentar e não ir conseguir, que faria uma faculdade. E, durante anos, eu me privei desse sonho e me submeti a cursos e faculdades que eu não gostava, por pressão dela e do meu pai. Hoje, eu poderia ser um Sargento da Polícia Militar, mas passei anos acreditando no que ela dizia.

    Por fim, eu vi que nesses últimos anos ela pedia dezenas de envelopes com dinheiro, pregava a “teoria da prosperidade”, deixava um cara que tocava na balada, tocar na igreja, pois ele atraía gente. Ela disse um dia que morreria quando ela quisesse e do nada, sem explicação, ela faleceu por causas naturais.

    O que me fez questionar se a palavra dela era realmente verdadeira?

    Atualmente, a religião estava me trazendo uma pressão além do que eu já tinha dos meus problemas pessoais. Eu chegava a acreditar que qualquer falha minha, Deus já pesaria as mãos e isso me trazia uma angústia terrível. Eu não podia fazer uma simples viagem a sós com a minha namorada, que eu já pensava que estaria pecando.

    Eu creio em Deus, creio na Bíblia, mas decidi não seguir mais religião alguma. Claro que é difícil, a minha família é praticamente toda Cristã, meu pai é de uma igreja muito tradicional, mas hoje como adulto, eu tenho a liberdade de escolher o que eu quero para a minha vida, claro que me identificando ainda como Cristão para a minha família.

    Hoje, certo ou errado, me sinto mais livre.

    Eu quero ser uma pessoa boa por mim mesmo, não somente para agradar a alguém, ou porque não queira ganhar um passaporte para o inferno. Há pessoas que se dizem Cristãs de muitos anos, mas estão nem aí para o próximo.

    Eu como sonhador de me tornar Policial Militar, acabei enraizando algumas características de um Policial, e sem pensar duas vezes, eu ajudei duas mulheres no metrô, inclusive entrei em luta corporal com o agressor em um dos casos e fui criticado por isso, por pessoas Cristãs, que diziam que eu não deveria me arriscar por outra pessoa que eu não conheço. Concordo sobre o risco, mas Jesus ensinou a fazer o bem, sem olhar a quem, e sinto orgulho de ter ajudado quem eu jamais conheci. Quem sabe um dia eles repitam o mesmo ensinamento.

    Responder

  10. Parabéns pela opinião expressa, principalmente pelo título, bastante intrigante.
    Como alguns comentários que foram colocados aqui, nasci num lar cristão e tive meu tempo de questionar a religião, as regras e as pessoas, mas também para estudar por conta própria a palavra de Deus e observei que “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus”. – Mateus 22:29 acf., o que me fez estudar o livro e buscar em termos originais escritos aquilo que seria a verdade.
    Um mundo sem regras é caótico! Vivemos, ou tentamos, sobre regras! Que o diga a Constituição:
    “A Constituição é o primeiro documento na vida jurídica do Estado, sendo um documento essencial e imprescindível. Todo Estado a possui. A existência de uma Constituição se deu através do constitucionalismo, que significa, em essência, limitação do poder e supremacia da lei.

    Assim, a Constituição é o conjunto de normas jurídicas que rege a organização fundamental do Estado (forma e sistema de governo, forma de estado e o regime político), além de definir os direitos fundamentais dos indivíduos e estabelecer determinados princípios e fins públicos a serem alcançados.” https://castro96.jusbrasil.com.br/artigos/611608840/direito-constitucional-teoria-da-constituicao
    Sendo assim, vivemos sobre os ditames de leis, é fato! Sem ela, nos mataríamos!
    Bem, se eu não achar a religião que sigo a certa, como acharia as outras não corretas?! Não estaria seguindo aquela religião, mas teria que seguir a todas, o que me tornaria falso, já que as religiões se contrastam em posições!
    Religião não salva o homem, Deus o faz! “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” – João 3:16
    Sou religioso não por causa das pessoa que ali estão, muito menos pelo pastor! Não posso seguir determinados mandatórios por causa de pessoas como eu que podem falhar! Tenho que seguir pois o meu alvo é Cristo! Ele quem me lavou e lava (não sou perfeito) dos meus pecados! Sem Ele não sou nada! E Cristo não é para pessoas santas, é para doentes… pessoas que precisam dEle para serem remidas dos seus pecados!
    “Como está escrito:Não há um justo, nem um sequer.
    Não há ninguém que entenda;Não há ninguém que busque a Deus.
    Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis.Não há quem faça o bem, não há nem um só.
    A sua garganta é um sepulcro aberto;Com as suas línguas tratam enganosamente;Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios;
    Cuja boca está cheia de maldição e amargura.
    Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.
    Em seus caminhos há destruição e miséria;
    E não conheceram o caminho da paz.
    Não há temor de Deus diante de seus olhos.
    Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus.
    Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.
    Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;
    Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.
    Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
    Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3:10-24
    O sexo também é orientação de Deus:
    “Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra”. Gênesis 1:27-28
    Se vocês lerem o livro de Cantares de Salomão ficarão pasmos como a descrição do amor sexual está descrito alí! Deus nos fez para o sexo também, agora, com responsabilidade:
    “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.” Gênesis 2:24

    “O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.” Hebreus 13:4

    “Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude. Gazela amorosa, corça graciosa; que os seios de sua esposa
    sempre o fartem de prazer, e sempre o embriaguem os carinhos dela.” Provérbios 5:18-19

    Então, quando qualquer pessoa deixa de seguir certas regras, o que acontece na marioa das vezes pois temos esta inclinação, e observe que me incluo no processo, as consequências virão! É fato! Tudo em nossa vida tem consequência!

    Há quem me rechaçe por isto que estou escrevendo, entretanto minha sugestão é de reflexão também porque Deus não falou que não teríamos problemas durante a vida:
    “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” – João 16:33 acf.

    Não estou defendendo uma religião específica, pois religião é uma forma de interpretação bíblica, mas você não pode ficar à mercê dos que estão regendo a mesma, você tem que buscar por conta própria, sua experiência!

    Renam, nos comentários anteriores, falou sobre sua experiência na igreja que não foi bem sucedida! E quantas já foram e não passaram por aqui para comentar? O Renam estudava a palavra de Deus ou fazia o que as pessoas, que são falhas, o mandavam?

    Teria muito a falar… e a experiência é algo pessoal! Infelizmente as outra opiniões aqui colocadas também não tiveram boas relações entre o que aprenderam e praticaram em suas religiões… sigam a Deus e seu plano de Salvação! Pensem no pós morte! Será que tudo se acaba mesmo? E se a morte não for um fim em si mesma? Se for uma passagem? E, será que Adão e Eva foram expulsos do paraíso por causa do fruto do bem e do mal? Ou a desobediência, consequência das escolhas? Havia o fruto da vida também… e se eles comessem deste fruto? O que seria da vida deles?

    Responder

  11. Minha própria professora que é evangélica e disse que a gnt crê em deus pq temos medo, e aí está: não quero crer em algo que tem que me passar medo para crer, inferno ou céu, crer ou não crer.

    Responder

  12. Minha vó fala que Deus que traz a chuva… isso prova que é falta de estudo que nos fez criar a religião, dar desculpa pra tudo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *