O que a religião tem contra os homossexuais?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Tá liberado! O todo poderoso Estados Unidos da América liberou o casamento entre homossexuais. Gays, lésbicas, bi, tudo tão comemorando essa nova mudança na lei. Muitos coloriram a foto do perfil, inclusive você também pode ter feito isso. Mas mesmo depois dessas coisas, vai haver religiosos fervorosos que vão te dizer que o “homem nasceu pra comer a mulher”, “órgão excretor não reproduz”.

Eu, como mero mortal e grande estudioso da religião, fui pesquisar de onde surgiu essa história. E trago para os senhores e senhoras, e também senhoritas, de onde vêm o problema com a homossexualidade.

Primeiro de tudo precisamos voltar um pouco no tempo, lá para a Grécia antiga. Por lá havia uma cultura muito forte de homossexualidade, homens eram encorajados a se deitar com outro homem. Aliás, deitar-se com outro homem era a única forma de prazer e amor. O coito com a mulher era meramente para procriação e para manter a família, mas o amor mesmo era entre dois homens.

Segue agora as passagens da bíblia que condenam homens se deitarem com outro homem. Depois faço minha avaliação sobre o acontecido.

Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (1 Coríntios 6:9-10)

Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é; (Levítico 18:22)

Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles. (Levítico 20:13)

Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. (Romanos 1:26-27)

Vamos lá. Você já percebeu uma coisa em todos os textos? Todos, sem exceção, falam a palavra “homem”. E não simplesmente falam “homem” como se fosse homens e mulheres. Não não, na Bíblia homem é homem, mulher é mulher. O que isso quer dizer? Basicamente que o que são condenado apenas são os gays e homens bissexuais. As mulheres não tem problema algum, podem ser lésbicas que ninguém vai falar nada sobre isso.

E antes que você me xingue, eu te explico o porquê disso. Você já estudou história! Então deve saber que no passado a maioria das mulheres tinha um papel secundário, um papel submisso. Com exceção de alguns reinos, como o egípcio e a Cleópatra, na maioria do mundo a mulher era vista como um simples acessório do homem. É a partir dai que surgiu a tal “da costela do homem nasceu a mulher”. O que quer dizer que a mulher é feita para servir o homem, porque foi a partir do homem que a mulher nasceu.

Caso você não sabia, a Bíblia é um amontoado de histórias escrita por homens, cheia de influências e tudo mais. Quer saber mais? Leia essa reportagem da Super Interessante explicando quem escreveu a Bíblia. Mas tudo o que você precisa saber, é que cada escrito teve influência da época em que foi escrita, e de quem escreveu a história. É quando qualquer pessoa escreva, ela coloca no texto, mesmo que sem querer, suas influências e seu modo de pensar.

O que significa que em nenhum momento o homossexualismo é criticado. Sabe por quê? Por que o que é criticado é o homem dormir com outro homem. Já que o homem era mais livre que a mulher, ele poderia escolher viver com outro homem. A mulher não tinha a opção de viver com outra mulher, já que ela tinha um papel submisso. E caso o homem fosse viver com outro, sabíamos que não haveria procriação e, portanto, não nasceriam novos bebes. Naquela época isso era um problema, porque as pessoas morriam cedo, e era preciso de novos guerreiros para defender a terra.

A procriação foi o único motivo de estarmos falando hoje sobre esse assunto. É que os gregos lideram melhor com isso, eles guardavam o amor para outro homem, mas ao mesmo tempo tinham uma mulher para poder procriar. O que aconteceu com os romanos, que deram origem ao catolicismo que conhecemos hoje, é que eles esqueceram essa parte importante de “manter uma mulher”, e focaram apenas no amor de outro homem.

Hoje em dia as coisas são diferentes, nós vivemos mais, e existem outras opções para a procriação, como a fertilização in vitro, e muitas mulheres sendo barrigas de alugueis. Além de que temos centenas de crianças que podem ser adotadas por casais homossexuais. Problemas como aquele não existem mais.

Cabe a você agora decidir se vai continuar julgando as pessoas por um problema do passado, ou se vai abrir a cabeça e vislumbrar um futuro diferente.

Com informações da Wikipédia e da Bíblia Online.

5 Comentários


  1. O problema meurmao e que tu puxa a brasa pro teu lado e nao ve as situacoes de uma maneira em geral senhor dono da verdade

    Responder

    1. É por isso q é difícil crê na Bíblia, cada um interpreta do jeito q entende, vai saber se isso ai é vdd ou n ?! não dizem q a Bíblia já foi modificada por homens ?

      Responder

  2. Interessante o artigo, só fica uma dúvida, a homossexualidade deve ser tratada como pecado ou imoralidade?
    Abçs

    Responder

    1. Nenhum dos dois meu amigo. A homossexualidade deve ser tratada apenas como um gosto, eu mesmo prefiro mulheres mais magras, e tem gente que prefere mulheres gordinhas. Tem gente que gosta de morango, eu não vejo graça. Assim como tem homem que gosta de dar a bunda, simples assim, cada um faz o que lhe convém.

      Responder

    2. de nenhum jeito, esses não te afetam. não há necessidade de julga-los, se você é cristão deve saber que é pecador só por pensar em cometer, por exemplo, um homicídio. siga sua vida, com suas
      escolhas, seu livre arbítrio. acredite, vc não é melhor ou o salvo do senhor só pq come mulher

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *